Tradutor

Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

segunda-feira, 11 de março de 2013

Meu anonimato


Não me condene
Pelo fato de não mais te procurar
Nem mesmo por não querer falar
Não me condene pelo que não viu
Nem mesmo sentiu
Não posso ser cúmplice em tuas mentiras
Nem posso fingir que nada fez
Não me condene apenas saiba
Que não posso fazer parte
Apenas vivo no meu anonimato.
Brisa do Mar
Enviado por Brisa do Mar em 29/11/2012
Código do texto: T4011730 

Nenhum comentário: